Tags

, ,

eleições 2014Saiu na data de ontem (04/11/2014), no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as estatísticas oficiais compiladas para as Eleições de 2014. Nosso Blog apresenta os principais resultados, que podem ser consultados nesse link.

Comecemos com o eleitorado…. Estavam aptos a votar 142,8  milhões de brasileiros nos dois turnos da eleição desse ano. Nas eleições votaram 142.467.862 brasileiros no próprio país e 354.184 no exterior, conforme mostrado nas figuras a seguir.

Eleitorado no Brasil – 142.467.862 eleitores

TSE - Quantitativo Geral de Eleitores

TSE – Quantitativo Geral de Eleitores – Território Brasileiro

Eleitorado no exterior –  354.184 eleitores

TSE quantitativo geral de eleitores exterior

TSE – Eleitorado que votou no exterior

Por região, votaram , respectivamente  10.801.178 ( 7,563% do total)  na região Norte, 38.269.533 (26,795% do total) na região Nordeste,  10.238.050 (  7,168% do total) na região Centro-oeste, 62.041.794 (43,440% do total) na região Sudeste,  21.117.307 (14,786% do total) na região Sul do Brasil e, finalmente    354.184 eleitores no exterior ( 0,248% do total), conforme mostrado na figura a seguir.

TSE quantitativo geral de eleitores por região

TSE – Quantitativo Geral de Eleitores por Região do Brasil

Por idade, a distribuição da população que votou é mostrada a seguir. Pela figura é possível ver que 3.802.927 brasileiros, com mais de 79 anos, isto é, tinham a opção do não obrigatoriamente votar, optaram por exercer a cidadania e participar do processo democrático, da escolha dos nossos representantes junto ao Congresso Nacional, às Câmaras Estaduais e para Presidente. Foram 2,669% do total de votantes, uma fração bastante significativa. A esses brasileiros, todos nós devemos agradecer, da mesma forma, os votantes não obrigatórios, na faixa de idade compreendida entre 70 e 79 anos totalizaram 7.016.054 de votos ( 4,925% do total de votantes ). Somando-se esses votos não obrigatório, o total foi de 10.818.981 votos ( 7,594% do total de votos), um número 3 vezes maior do que a diferença de votos dados para a presidenta re-eleita Dilma Rousseff (PT e coligação) contra seu opositor no segundo turno, o senador Aécio Neves (PSDB e coligação). Na faixa de votantes abaixo de 18 anos tivemos 1.638.469 votantes ( 1,147% do total de votos) e na faixa entre 18 e 69 anos 130.005.584 votantes (91,253% do total de votos).

TSE eleitorado faixa etária -4-11-14

TSE – Faixa Etária do Eleitorado que Votou no Brasil

Quanto ao nível de Educação (declaração do eleitor), o gráfico a seguir apresenta os dados consolidados pelo TSE, tanto em termos absolutos quanto em termos percentuais. Notem que se declaram analfabetos somente 5,186% dos eleitores. A grande maioria do eleitorado está situada nas faixas de educação ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (30,270%), ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO (7,214%), ENSINO MÉDIO INCOMPLETO (16,661%) e  ENSINO MÉDIO COMPLETO (16,661%).  A minoria do eleitorado, isto é, 9,199% do eleitorado possui ENSINO SUPERIOR INCOMPLETO e  ENSINO SUPERIOR COMPLETO.

Eleitorado – Grau de Instrução no Brasil

TSE eleitorado por educaçaõ 04-11-14

TSE – Eleitorado b=do Brasil por Grau de Instrução

Quanto aos eleitores do exterior, o grau de instrução é bastante diverso. Os analfabetos declarados foram somente 0,131% do eleitorado e aqueles com nível SUPERIOR COMPLETO somaram 31,257% do eleitorado, havendo ainda uma importante parcela dos com ENSINO MÉDIO COMPLETO (28,826%).

TSE - grau de instrução do elietorado no exterior

TSE – Gau de Instrução do Eleitorado no Exterior

Quanto à mística de quem votou no senador Aécio Neves são os de maior escolaridade, o que levou à várias manifestações raivosas dos que votaram no candidato do PSDB, especialmente com relação ao eleitorado Nordestino, as figuras mostradas a seguir desmascaram essa mística,  que não teve grande relevância.

Região Norte – predomina o ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (32,399%)

tse eleitorado por região norte e educação 04-11-14

TSE- Grau de Instrução na Região Norte

Região Centro Oeste –  Predominam o ENSINO FUNDAMENTO INCOMPLETO (28,053%), o ENSINO MÉDIO COMPLETO ( 16,489%) e o  ENSINO MÉDIO COMPLETO (19,326%)

tse eleitorado por região cenro oeste e educação 04-11-14

TSE- Grau de Instrução na Região Centro Oeste

Região Nordeste – Predominam os que SABEM LER E ESCREVER (20,140%) e os com ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (28,988%). Com ENSINO MÉDIO INCOMPLETO (16,022%)  e com ENSINO MÉDIO COMPLETO (13,833%).

tse eleitorado por região nordeste e educação 04-11-14

TSE – Grau de Instrução na região Nordeste

Região Sudeste –  Predomina o ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (29,992%), o ENSINO MÉDIO INCOMPLETO (21,984%) e o  ENSINO MÉDIO COMPLETO (18,343%)

tse eleitorado por região sudeste e educação 04-11-14

TSE – Grau de Instrução na região Sudeste

Região Sul – Predominam o ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (33,398%), o ENSINO MÉDIO INCOMPLETO (19,759%) e o  ENSINO MÉDIO COMPLETO (16,129%)

tse - grau de isntrução do eleitorado da região sul

TSE – Grau de Instrução da Região Sul

Com relação à escolaridade vinculada ao sexo, no Brasil, na figura seguinte se vê uma ligeira vantagem de escolaridade das mulheres sobre os homens.

tse - grau de instrução por sexo - brasil

TSE – Grau de Instrução por Sexo

Quanto à eleição para o cargo maior da república, isto é, para Presidente, a figura abaixo mostra os dados da vitória da Presidenta Dilma Rousseff (PT e coligação ) x Senador licenciado – agora de volta ao cargo – Aécio Neves ( PSDB e coligação). O total de votantes variou pouco. No primeiro turno foi de 104.023.802  e no segundo turno de 105.542.273, ou seja, diminuiu ligeiramente a abstenção eleitoral. Mesmo assim, o percentual dos que não votaram em relação ao eleitorado total no segundo turno foi de 37.279.773 eleitores, um percentual de 26,10%. A título de comparação, nos Estados Unidos, onde o voto não é obrigatório, a democracia representativa tem mobilizado apenas entre 1/3 e 2/3 dos eleitores norte-americanos.

Resultado da votação para Presidente – Primeiro turno

TSE - resultado para presidente primeiro turno

TSE – Resultado para Presidente 1o Turno

Resultado da votação para presidente – segundo turno

TSE  resultado para presidente segundo turno

TSE – Resultado para Presidente Segundo Turno

A Presidenta Dilma Rousseff, da Coligação encabeçada pelo PT teve a mais do o senador Aécio Neves do PSDB e coligação, 3.459.963 votos, no segundo turno, o que se configurou em uma das eleições mais apertadas dos últimos anos, mesmo assim, uma vitória incontestável. Analisando-se as duas figuras anteriores, vê-se, claramente, que se os votos daqueles que votaram na ex-senadora Marina Silva (22.176.619 votos – primeiro turno) fossem totalmente transferidos ao senador Aécio Neves (34.897.211 votos – primeiro turno), a oposição teria vencido com uma votação da ordem de 57 milhões de votos, uma vez que ex-senadora, que militou pelo PT durante quase 30 anos de sua vida política, apoiou a candidatura tucana no segundo turno. Na verdade, essa votação de Marina Silva não foi toda transferida, mas somente a maioria dos votos, uma vez que no segundo turno a coligação encabeçada pelo PT obteve 54.501.118 votos, contra 43.267.668 no primeiro turno (aumento de 11.233.450 votos – 25,963% a mais em relação ao primeiro turno). Enquanto a candidatura tucana ficou em 51.041.155 votos (um aumento de 16.143.944 votos  – aumento de 46,261% em relação à votação do primeiro turno). Embora, percentualmente e numericamente, o crescimento da candidatura de Aécio Neves tenha sido maior do que o de Dilma Rousseff o segundo  turno, graças á parte dos votos herdados dos  eleitores que votaram em de Marina Silva, a candidatura da coligação petista conseguiu também significativamente crescer, garantindo a vitória, re-elegendo a Presidenta Dilma Rousseff para mais um mandato (2015-2018).

Para aqueles que propalaram que o Brasil estava dividido por uma linha imaginária, até apatriótica, um verdadeiro “tratado de Tordesilhas de leste para o oeste” , tendo acima dessa linha a maioria do eleitorado de Dilma e abaixo dessa linha a maioria do eleitorado de Aécio Neves, as figuras apresentadas a seguir, desmistificam esse fato. O estudo foi feito pelo Thomas Conti,  que é economista, mestrando em economia pela UNICAMP e graduado pela mesma instituição. Ele estuda economia internacional, nacionalismo, e seu gráfico, virilizado na WEB, foi feito em protesto ao ódio visto contra os Nordestinos após as eleições nas redes sociais. Os gráficos são, em essência, esclarecedores e a metodologia empregada por Conti está descrita em seu blog no link citado. É visual, não dá para negar….

Mapa Real do Brasil – Eleições 2014 – Cargo presidente – segundo turno

mapa real das eleições 2014 Thoms Conti

Mapa Real da Eleições 2014 – Presidente segundo turno.

Mapa simplista do Brasil – Eleições 2014 – Cargo presidente – segundo turno

mapa simplista das eleiçoes 2014 Thomas Conti

Mapa simplista das Eleições 2014 – Presidente – Segundo turno

Pelos mapas apresentados, se vê que as votações mais expressivas em Aécio Neves (PSDB) foram no Acre (terra de Marina Silva – PSB), em São Paulo (a 20 anos sob o domínio político tucano) e em Santa Catarina. Já as votações mais maciças na candida Dilma Rousseff (PT) ocorreram nos Estados do Maranhão, Ceará e Piauí. Nos demais Estados da Federação, a disputa favoreceu uma ou outra candidatura, de forma mais equilibrada, isto é, sem larga predominância de uma sobre a outra.

Há 12 anos a maioria do eleitorado brasileiro fez uma opção pelo Desenvolvimentismo, em detrimento ao modelo até então vigente do Neocapitalismo, das privatizações, do conceito de Estado Mínimo. Os eleitores escolheram nas eleições de 2014 pela continuidade das políticas de inclusão social, de elevação e valoração da renda do cidadão, da ascensão social entre classes. pelo PROUNI, pelo PRONATEC, pelo MAIS MÉDICOS, pelo MINHA CASA MINHA VIDA, pelo CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (nossos filhos agora podem ser doutores, isto é, fazerem doutorado, estudando no exterior, tudo pago pelo Governo Federal – passagem, instalação física, auxílio bancada, bolsa para manutenção – não precisam ser ricos para estudarem na Inglaterra e em outros países. Para tanto, basta ser competente, dominar a língua local com fluência e ser selecionado dentre os candidatos, sem privilégios de classe social), pelo ENEM, aperfeiçoado e ampliado nos governos petistas, e que é o maior exame do Brasil e reconhecido oficialmente pelo RankBrasil – Recordes Brasileiros como o segundo maior do mundo, atrás somente do vestibular da China, pelo PROUNI,  e por muitos outros programas inclusivos da Sociedade.

Os Brasileiros que elegeram Dilma Rousseff para mais um mandato, reconheceram, mas do que isso, sentiram, que a fome não é mais endêmica, que o Brasil saiu do vergonhoso Mapa da Fome, sendo tão rico em recursos humanos e naturais (reconhecimento da ONU).

Agora é hora de um novo tempo….Não há vencedores e nem vencidos. Ganhamos todos. Ganhar ou perder faz parte da Democracia. Em nossas veias, em nossos corações, soberanamente, impera a cor vermelha.

Esperando ter contribuído. Agradecemos a leitura desse texto. Blog do JCR.